Dicas de decoração: Iluminação de interiores

A iluminação de interiores é um dos elementos mais importantes na decoração interior de uma casa, podendo afectar vários aspectos do bem-estar de uma pessoa. Para assegurar que a iluminação a ser instalada ira satisfazer as suas necessidades, é fundamental compreender os vários tipos de iluminação interior.

Iluminação de interiores

Iluminação natural

Vulgarmente chamada por luz natural, que pode ser obtida através de portas, janelas e clarabóias. Este tipo de iluminação está limitado pelas horas do dia e pelas estações do ano que influenciam o brilho e intensidade.

Iluminação ambiente

A iluminação ambiental é o tipo de iluminação que ilumina uma zona da casa na sua totalidade. Uma boa solução reside na instalação de um redutor com várias luzes “recessed” de modo a ajustar o brilho de forma flexível.
Exemplos deste tipo de iluminação temos: iluminação de intradorso, de angra, downlights recessed,  arruelas da parede, candelabros, luzes do sob-armário, entre outras.

Iluminação da tarefa

A iluminação da tarefa tem como objectivo auxilia-lo em tarefas manuais ou de laser, como por exemplo trabalhos manuais, leitura, etc. O objectivo principal é evitar o cansaço visual. Uma boa solução é o tipo de iluminação com a possibilidade e regular a intensidade do brilho.
Exemplos deste tipo de iluminação são: luzes sob armários, eliminação de valência, luzes pendentes, entre outras.

Iluminação de destaque

Este tipo de iluminação tem como objectivo iluminar de forma focalizada um objecto como por exemplo esculturas, quadros, peças de arte, ou elementos arquitectónicos. A Iluminação de destaque deve ser aproximadamente três vezes mais brilhante que uma iluminação ambiente.

Conselhos úteis

Para aproveitar ao máximo a luz solar e utilizar a iluminação artificial de modo racional, opte pela luz certa tendo em consideração os seguintes aspectos:

  • Utilize a luz natural, ou seja, evite acender lâmpadas durante o dia; abrindo as cortinas e persianas e tirando partido da luz do Sol;
  • Instale sensores de movimento nos locais de passagem (para que as luzes se apaguem automaticamente quando não forem necessárias);
  • Opte por lâmpadas mais eficientes. Utilize-as preferencialmente nas áreas de maior utilização e na substituição de lâmpadas ineficientes e muito utilizadas;
  • Pinte as paredes e o tecto com cores claras, que reflectem melhor a luz, reduzindo as necessidades de iluminação artificial;
  • Instale balastros electrónicos nas lâmpadas fluorescentes tubulares, uma vez que melhoram o rendimento luminoso destas. Informe-se junto de um especialista.
  • As lâmpadas fluorescentes compactas (LFC) são uma boa opção, pois dão a mesma luz do que uma lâmpada convencional, mas, por sua vez, gastam menos 80% de energia, tendo uma vida útil muito superior, permitem poupar dinheiro e energia, numa única compra. E ao poupar energia, estará a ajudar no combate às alterações climáticas.

Fonte

Sobre habiserve

HABISERVE SGPS, SA é uma sociedade detentora de participação social em diversas empresas de promoção imobiliária que actuam em todo o território nacional e no Brasil. O património imobiliário actualmente sob sua gestão está concentrado, na sua maioria, em imóveis localizados nos centros das cidades em que actua, nos quais se pretendem desenvolver projectos modernos, direccionados para as necessidades cada vez mais exigentes dos públicos a que se destinam.
Esta entrada foi publicada em Uncategorized com as etiquetas , , , , , . ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s